Grupos de Ligação

IBAB_pg

 

Faça parte de um Grupo de Ligação em 2016

Os Grupos de Ligação são uma ferramenta que o Senhor tem dado à milhares de igrejas por todo mundo e em 2016 será a nossa vez. Isso, irá nos ajudar a fazer a colheita de vidas para o Seu reino. Trata-se de uma estratégia fundamentada na Palavra de Deus para nos ajudar a alcançar pessoas para Cristo e cuidar bem delas:

“Depois disso, Jesus passou por todas as cidades e vilas da região. Ele ensinava nas sinagogas, onde o povo costumava se reunir, apresentando as notícias do Reino, curando os corpos doentes e restaurando vidas marcadas pelo sofrimento. Ver as multidões diante de si lhe fazia doer o coração. O povo estava confuso e sem rumo, eram como ovelhas sem pastor. “Que grande colheita temos aqui!”, disse aos discípulos, “mas tão poucos trabalhadores! Ajoelhem- se e orem, pedindo mais trabalhadores” (Mateus 9.35-38 – A Mensagem)

Semanalmente ou a cada duas semanas nos reuniremos como igreja para estar juntos em casas ou em outros ambientes! Acima de tudo um lugar para estarmos juntos, ligar com amigos, e para aprender e partilhar as nossas experiências na nossa caminhada com Deus.

Os grupos de ligação são uma excelente oportunidade para conhecer pessoas e construir grandes amizades.

Partilhar uma refeição, orar, ouvir e aprender sobre a Palavra de Deus, fomentando relacionamentos autênticos, vitais para crescermos saudavelmente.

Porque acreditamos que a igreja não é apenas o que se passa ao Domingo, grupos de ligação têm por objetivo manter a tua ligação à Casa durante a semana é isso que queremos para nossa igreja.

Grupo de Ligação não é:

  • Grupo de Oração – Este tipo de grupo está interessado somente em crescer no movimento de oração. São grupos recheados de muita oração e os dons do Espírito fluem com liberdade; no entanto, quem vai apenas ao grupo não está se vinculando nem crescendo como igreja.
  • Grupo de Estudo Bíblico – Este tipo de reunião não estimula a comunhão e geralmente são liderados por pessoas que se consideram grandes mestres e que gostam de demonstrar conhecimento teológico; o incrédulo não é bem-vindo. São estéreis.
  • Grupo de comunhão entre crentes ou Grupo de Crescimento – As pessoas interessadas neste tipo de grupo desejam um crescimento espiritual num ambiente fechado e exclusivista. Importante salientar que o crescimento apenas acontece quando estamos em contato e interagindo com o ambiente que nos rodeia.
  • Grupo de cura interior e de apoio – Os que desejam participar deste tipo de grupo estão interessados em terapias para a cura de seus traumas emocionais. Neste tipo de grupo as pessoas têm um problema real e querem se livrar dele. São grupos semelhantes aos Alcoólatras Anônimos, em que as pessoas falam de seus problemas vez por vez, semana após semana. Este tipo de grupo leva o amor, mas falha em levar os membros a Cristo.
  • Ponto de Pregação – São grupos conhecidos como aqueles em que as pessoas frequentam sem compromisso. Elas vêm e vão, e o grupo é apenas um ajuntamento.

Então, o que é um Grupo de Ligação?

É um grupo de pessoas que fazem parte do corpo de Cristo, que é a igreja, e se reúnem durante a semana nas casas com o objetivo de evangelizar, confraternizar, edificar e servir.
São grupos que se reúnem nos lares, escolas, empresas ou no trabalho, gerando vida e desempenhando um papel de grande importância para alcançar pessoas para Cristo. Ali elas são cuidadas e assistidas pelos seus líderes.

É um “grupo de até doze pessoas que se reúnem regularmente para cumprir os mandamentos das Escrituras de amar uns aos outros, estando ao mesmo tempo integralmente ligados a uma igreja local e com olhar voltado para o mundo.” NEWMANN, Mikel. Alcançar a cidade. São Paulo: Vida Nova, 1993.

É um ambiente propício para cumprirmos os mandamentos recíprocos encontrados no Novo Testamento. Veja alguns abaixo:

Mandamento Recíproco Texto
1. Amem-se uns aos outros João 13.34-35
2. Aceitem-se uns aos outros Romanos 15.7
3. Saúdem-se uns aos outros 1Coríntios 16.20b
4. Suportem-se uns aos outros Efésios 4.1-3
5. Confessem os seus pecados uns aos outros Tiago 5.16
6. Perdoem-se mutuamente Efésios 4.31-32
7. Levem os fardos uns dos outros Gálatas 6.2
8. Orem uns pelos outros Tiago 5.16

 

O grupo busca ser uma comunidade e para isso precisamos entender que é muito mais do que uma reunião semanal. Quando nossa percepção do grupo é limitada à reunião semanal, então não estamos envolvidos em comunidade. A vida em comunidade existe fora dos cultos e das reuniões.

O relacionamento é mais importante que a reunião. É no relacionamento que crescemos como servos, aprendemos a viver a vida cristã, somos supridos e também suprimos os outros em amor.

O Grupo de ligação almeja a multiplicação. Apesar de a reunião não ser apenas evangelística, todo o projecto final de edificação do grupo visa à multiplicação: crentes comprometidos são crentes frutíferos. Eles tem hora e lugar definido para a reunião, criando um senso de identidade, constância e segurança.